quarta-feira, 24 de outubro de 2012

FLICA/2012,CACHOEIRA É UMA FESTA!


  
                                FLICA/2012
EM CACHOEIRA , TUDO É FESTA!
Vou fazer a louvação do que deve ser louvado!
Jackson Costa e esta escrevinhadora

A FLICA está consolidada em Cachoeira.Veio uma,veio duas,virão muitas.
Esse encontro entre o leitor e a literatura  é um casamento de harmonia , beleza  e  conhecimento.Quem tem talento,sobressai,encanta, enternece; os grandes tornam-se maiores,os que ainda são pequenininhos,se agigantam  - ou não  - depende do desempenho.Os  frequentadores são os donos da verdade.Aplaudem,vaiam,comentam,elogiam,elegem,reprovam,consagram.
Em Cachoeira não foi diferente; o público foi o senhor da razão.Salas cheias,gente atenta,ouvindo,ensinando,aprendendo.Quanto de conhecimento se repassa e se transmite numa festa literária.Devia estar na Constituição.
Parágrafo 1-Todos os municípios brasileiros devem  realizar uma festa literária.
Público
Parágrafo 2_Revogam-se as disposições em contrário.
O conhecimento , ás vezes ,incomoda.Incomoda o poder porque bate de frente com ele;lá,naquele pequeno espaço,debate-se,discute-se,aprende-se,ensina-se,questiona-se,repensa-se conceitos.Maravilha!


Salas cheias,quem diz que o livro está morrendo?



Mateus Aleluia

Maria Paula e Miriam Sales,autógrafos

Domingos Leonelli,secretário da Cultura de salvador também prestigiou o evento



A Academia de Letras de Cachoeira,também
Assim é que deve ser.Isto chama-se democracia,caros amigos.O povo no poder.O poder de criar ou derrubar ídolos.Uma pequena praça do Ágora,onde todos participam ,sem regras bem definidas,nem a massificação da mídia,esteio dos poderosos.Lá, os escritores,formadores de opinião, Veem e são vistos.Sentem a energia do seu público.Recebem seus eflúvios.Não há experiência maior para uma pessoa das letras.
E, tem ,também,o seu complemento,a música.O povo na praça,porque ela  pertence ao povo,como o céu é do condor.Assim falava o poeta do Recôncavo,Castro Alves,nascido  ali pertinho,em Muritiba.E, Damário da Cruz,em Cachoeira.Alguém duvida que aqui é o território das Artes?
Cachoeira,durante a Flica,é uma festa.Dá gosto ver o povo nas ruas,comemorando,confraternizando,participando.Gente colorida,gente brasileira,povo feliz.

Alan Lobo
Emmanuel Mirdad,
Aurélio Schommer,- AMA -os visionários que criaram a Flica.

Esse bando de guerreiros  amam a Literatura e lutam por seus ideais.
Nós  os amamos.E queremos,sempre ,vê-los por aqui.
                     *****

                 INÍCIO 14/10/12
Literatura – Introspecção ou Exibicionismo
Xico Sá , Márcia Tiburi
Infelizmente,não pude assistir a essa mesa.Mas,ouvi os comentários.Duas visões do mundo   a filósofa e o poeta de botequim,discutindo sobre a visibilidade do escritor e sua exposição nos blogs,na TV,nos debates.
E o escritor é um ser que se isola,pois,escrever exige reflexão e está muito longe do ôba-ôba.O escritor desnuda-se diante do seu público.E,submete-se ao seu julgamento,sem pejo,nem pudor.
   

                    *******
2º dia:5ª feira,18/10/12
Crônica e Literatura –Antagonismos e Fusões
O escritor Tabajara Ruas e  o baiano Armando Avena, economista,professor e jornalista.
A crônica é eterna.Irmã da ficção e,ambas,refletem o pensamento do escritor,embora o cronista retrate o cotidiano  e a ficção seja uma criação do espírito.Grandes cronistas retrataram o Brasil ,com muita excelência,João do Rio,Rubens Braga etc
Nos dias de hoje,o autor pode e deve esconder-se para criar,porém,se quiser ter sua obra conhecida,tem que se expor.
Este foi o tema da mesa,um tema atual e sempre discutido,sem que essa dúvida não tenha fim.
                      #

Tropicalistas e Universais
            Capinam
Soy loco por ti,Capinam,disse a plateia.
Preciso dizer mais ,desta festa de música e poesia?
        #

   
A  Diáspora e seu avesso           
João José Reis e Jaime Sodré

Era para vir um escritor africano;furou.Mas,foi uma sorte para nós que participamos,pois,Jaime Sodré,que o substituiu,foi, simplesmente,sensacional.
Sensacional no seu verbo fluente,na sua simplicidade,na gama de conhecimento repassada para nós,ouvintes atentos e boquiabertos.Que sorte,gente!
Boquirrota e rebelde ,não posso me calar sobre o furo do Sr.Alem;mestre,isso não se faz.O senhor foi muito além da boa educação e do respeito pelo público.
              Too bad!
           ***          

    3º dia,sexta feira,19/10/12
               Versos com nexo
Ruy Espinheira Filho e Antonio Cícero
Uma discussão movida a  poesia e brilho.
O mediador ,Jackson Costa, um excelente ator, recitou belos versos e tornou  o dia ainda mais bonito.
Os versos precisam ter nexo?  Basta a inspiração? A poesia deve ser certinha,deve obedecer regras?
Gente,essa mesa foi demais!
    

    
           
Questionando o dois de Julho
Javier Moro e Ordep Serra
Tendo como mediador Aurélio Schommer,o simpático escritor espanhol e o antropólogo baiano e cachoeirano,debateram sobre a maior data festiva da Bahia.
A mesa foi –digamos – um pouco áspera,mas, o Moro já está acostumado as polêmicas que seu livro provoca entre os historiadores brasileiros; essas pessoas pensam que são donas da verdade e não aceitam opiniões diferentes,esquecendo-se que a história de um povo é domínio universal.E, o Javier se considera um ficcionista,não um historiador,este ,sim,comprometido com a verdade.
Agarrei no livro e não o larguei mais;verdadeiramente fascinante.Recomendo!
                                                                    

A ATUALIDADE DO ROMANCE
Inês Pedrosa, Ana Paula Maia
Estão decretando a morte do romance, será isso  verdade?
Eu digo que o romance é eterno.As duas grandes escritoras concordam comigo.
Enquanto existir o amor ,o romance permanece.Antes,eram as mulheres as leitoras mais assíduas.Mas,isso foi outrora. O romance agrada a homens e mulheres,gregos e troianos,porque complementa a vida.

       *******                           
      SÁBADO,20/10/12
JORGE AMADO E OS CONTEXTOS DE TERRAS DO SEM - FIM  E GABRIELA
MARY ANN MAHONY E DANIEL THAME
Dois  grandes escritores debatem a ascensão e queda da sociedade ilheense  com ao apogeu e a queda do fruto dourado,o cacau.Um coronel de cacau milionário dormiu um dia e acordou sem dinheiro nem para um “menorzinho”.
No livro  “Vassoura” o escritor Daniel Thame discorre sobre essa tragédia que minou as bases da sociedade  das terras do sem – fim,num bate – papo magistral.
   
                     #

SÁBADO,DIA 20/10/12
MUDANÇAS NA MESA
NIRLANDO LARIÚ  FALOU SOBRE O “DICIONÁRIO DO BAIANÊS” E ARRANCOU MUITAS PALMAS DA PLATÉIA.
   
                     #

NELSON RODRIGUES E A SENSUALIDADE CANALHA
SÔNIA RODRIGUES E ADRIANA FACINA
Um prato cheio para quem gosta de Nelson Rodrigues,ora homenageado pela Flica,um frasista de primeira.
                               

TERRITÓRIOS INTERIORES
JOSÉ EDUARDO AGUALUSA E UZODINMA IWEALA
Falou-se de África,de Portugal,da América,do Brasil,na visão desses andarilhos,que adoram explorar longes terras,conhecer novas culturas e retratá-las.
    

                         ******



DOMINGO,21/10/12,ÚLTIMO DIA
 POLEMIZAR PARA INSTIGAR
FERNANDO CONCEIÇÃO E JERÔNIMO TEIXEIRA
O inflamado  Conceição e o calmo e contido Teixeira  discutiram verdades,contestaram o “establishment”,polemizaram,como deve ser o debate entre ideias diversas  e o respeito pelo outro.Uma mesa que pegou fogo,mas,não machucou ninguém;pelo menos ,na plateia.

                                            ***

                               
MARIA PAULA E MIRIAM SALES
ELAS TAMBÉM RIEM
E,PORQUE NÃO RIRIAM?
A escritora  que sabe fazer humor e a atriz que sabe escrever fizeram uma das mesas mais participativas da festa.
Casa lotada,como deve ser.
Minha vó dizia que,elogio de boca própria é vitupério,portanto,sobre minha participação ,sugiro que entrem no Face e  vejam as fotos postadas pelo meu caro amigo o escritor Valdeck de Jesus.
E,procurarei estar sempre presente com vocês.
Até a FLICA 2013.
Esta veio para flicar!
Cabe-me agradecer a presença eo carinho de todos.



mmmm
O ator e mediador Jackson Costa mostra á platéia o livro "Contos Apimentados" da escritora Miriam Sales,esgotado  ,na Flica.


NO FACE:ATRAÇÕES DA FLICA ,MIRIAM SALES



                                                                  ELES TÊM A PALAVRA
 COMENTÁRIOS ENVIADOS PARA MIM:

Everaldo oliveira,via e-mail.

Lindíssima amiga, como vibrei com essa marcante presença. Aquela foi uma tarde
do mais puro gozo, posso assim dizer, de explosão de felicidade.e como a platéia
reagia soberbamente feliz. O que me causou surpresa foi a imprensa escrita que
se mostrou omissa. .Ainda vou cobrar essa omissão.

                                          Laiza Mello,via Facebook

Fui assistir a ultima mesa da FLICA completamente voltada a ouvir Maria Paula, chegando lá fiquei estarrecida quanto o velho é tão mais surpreendente do que o novo. A expectativa que criei em cima do primeiro livro de Maria e a divulgação, 
suas explicações para com o mesmo foi frustante, foi tanto sou isso, sou aquilo... que ela me enojou. Mais minha tarde foi salva pela hiper, mega e SENSACIONAL MIRIAM DE SALES, com toda sua experiencia conseguiu me contagiar te tal forma que ao ouvir suas narrações consegui me ver em alguns dos personagens. Sai de lá com varias verdades uma delas é que a " A literatura assim como a masturbação é um ato solitário".








                                   EMMANUEL MIRDAD   ,via Facebook                    


Mirdad marcou você em uma publicação.
Mirdad escreveu: "E pra encerrar a Flica 2012, "Elas Também Riem", com Maria Paula (indicação de José Inácio Vieira de Melo) e Miriam de Sales, a única autora que foi confirmada em 2012 por aclamação de toda equipe Flica ainda em 2011, indicada por Aurélio Schommer."





                                                             JORNAL "FOLHA  DO RECÔNCAVO"



DUAS APIMENTADAS NA ÚLTIMA MESA DO FLICA 2012
Jornal Folha do Recôncavo

Flica encerrou neste domingo com a presença marcante de Maria Paula, e Miriam de Sales, como mediador Jackson Costa abordando o tema Elas também riem, mas quem esteve no claustro do convento, local do evento, é que riu e muito, Maria Paula já conhecida como atriz e comediante do “Casseta e Planeta Urgente” por 17 anos, soltou várias piadas mas quem se mostrou uma sucessora do humor ao estilo Dercy Gonçalves foi Miriam de Sales, maravilhosa escritora, que com muita desenvoltura aborda temas como sexo com a maior naturalidade, contando também com o talento do mediador.
A escritora e psicologa Maria Paula contou sobre o inicio da carreira no Casseta e Planeta, de como foi bem recebida pelos colegas de humor.
Miriam conquistou a plateia jovem, com sua malicia juvenil, quem ficou curioso sobre o bate papo pode conferir o talento da autora em seus livros “Contos e Causos” e “Contos apimentados” todos da Editora a qual é dona, Pimenta Malagueta, ela também é colunista do jornal A Tarde.
Com certeza elas fecharam com honras a mesa do Flica.

                             CEZAR (DAS LETRAS) UBALDO,POETA FEIRENSE

Maravilha,minha querida amiga.A sua presença,com certeza,foi algo de inesquecível.A sua jovialidade ao lado das experiências adquiridas ao longo da vida enriquecem  qualquer evento do qual participe.A cidade de Cachoeira,a nossa Bahia e o Brasil certamente sentem-se honrados e felizes por voc^estar com todos nós.
Beijos,amada.

Um depoimento de Cezar no recanto das letras (p/ Valdeck Almeida)

Tive a felicidade de conhecer Miriam Sales através do Portal Literal
e,logo depois,recebi o convite para compor os quadros da ACB e pude
abraçá-la e sentir uma mulher de energia contagiante,uma mulher com
uma jovialidade espiritual que nos faz esquecer as mazelas da vida.Uma
escritora do mundo com uma visão de mundo,de homem,de sociedade como
poucos têm.
A participação de Míriam Sales,minha madrinha acadêmica,na FLICA,só
poderia ser sucesso pelo que ela vem representando para a Literatura
Brasileira,como escritora e editora para o bem de todos nós.Vida
longa,Míriam.









                            MARINA GENTILE,fazendo valer o sobrenome.

Miriam vai além de TODO e qualquer excelente adjetivo.

 Além DE TUDO DE BOM, MIRIAM é uma pessoa que ama

 as pessoas e a vida.




           VALÉRIA MERCÊS,via Facebook.

Que honra a minha poder ter conhecido melhor essa sensacional escritora. 

Parabéns pelo seu trabalho e muito sucesso cada vez mais.


Renata Rimet,via Facebook

 "Showwww!!! Esta é a Miriam de Sales que conheço!!!!"

2 comentários:

  1. Cara Miriam
    A programação da Flica é de botar no chinela a de muitas grandes bienais por aí.
    Parabéns a todos!
    Homero Fonseca

    ResponderExcluir
  2. Pois é,Homero,gasta-se tanto com bienais q/ não dão em nada qdo nós sabemos a importância das pequenas festas literárias.
    O Brasil n/ é um país municipalista? Então,vamos agitar a partir dos municípios.
    Abração

    ResponderExcluir